9 de abril de 2011

O que são espíritos de demônios? *Parte (1)

Começamos um estudo dos espíritos malignos que tem feito muitas vidas escravas e muitas vidas perdidas, espíritos de domônios que o mundo o chama de loucura psicopatica nas pessoas que o demônio habita usando seus corpos para fazer o mal. Começamos explicando o que são estes espírito demôniaco e como eles agem.
                                                                                      Direção do Blog
Leia Depois a Segunda Parte do Estudo:

O que são espíritos de demônios? *Parte (2) 

____________________                  ____________________


 Os demônios são personalidades verdadeiras. São perversos, odiáveis e destruidores. Os espíritos de demônios são personalidades assim como os espíritos dos homens. Os demônios são espíritos que não têm corpos para habitar. Nós somos espíritos com corpos. Nossos espíritos são de Deus; os espíritos de demônios são de Satanás.

A diferença entre corpo e espírito

Eu tenho um corpo, mas sou  um espírito. Eu (meu espírito) habito meu corpo. Eu me expresso (meu espírito se expressa) através das faculdades do meu corpo. Todos podem ver meu corpo, mas não podem ver-me, porque o verdadeiro eu é um espírito morando dentro do meu corpo.

Meu corpo é apenas a casa em que eu (meu espírito) habito. Um dia, meu corpo morrerá e voltará ao pó, mas eu (meu espírito) nunca morrerei. Eu voltarei a Deus, de onde vim.

Eu (meu espírito) sou uma personalidade. Eu me expresso por meio de meu corpo. Se retirassem meu corpo de mim, eu (meu espírito) não poderia expressar-me.

Se retirassem minha língua, meu espírito não poderia falar. Se destruíssem meus ouvidos, não poderia ouvir. Se me cegassem os olhos, não poderia ver. Mesmo que eu ficasse com os olhos cegos, com os ouvidos surdos e a língua cortada, meu espírito ainda estaria em meu corpo, mas ele não poderia ver, nem ouvir, nem falar.

Se amputassem minhas pernas e meus braços, se destruíssem meu olfato e minhas cordas vocais, meu espírito ainda não seria destruído, mas ele não poderia mais se expressar. Meu espírito teria um corpo, mas teriam sido destruídas suas faculdades de espressão.

Agora você pode compreender o que eu quero dizer quando falo sobre a distinção entre espírito e corpo - a diferença entre mim e meu corpo.


Os demônios querem exprimir-se

Os demônios são espíritos malignos sem corpo para se exprimir nesse mundo. Eles anseiam por achar um meio para se expressar nesse mundo, mas não conseguem antes de possuírem um corpo.

Agora você pode compreender por que o espírito imundo expulso do homem não tinha repouso, e não ficou contente. Ele era um espírito de Satanás enviado para destruir e matar. Quando não podia mais exprimir-se por um corpo, ficou aflito e, com o auxílio de sete espíritos piores do que ele,  conseguiu voltar e entrar novamente no homem e ter os meios para expressar seu ódio e destruição (Mt 12.43).

Um demônio é uma personalidade - um espírito, assim como você e eu. Assim como você deseja fazer o bem, falar palavras de consolo, ouvir música, apreciar flores, exprimir-se conversando com amigos e responder a cada impulso com uma expressão, assim os espíritos de demônios anelam exprimir-se.

Entretanto, como não têm corpos próprios, andam errantes (Mt 12.43) procurando corpos em que possam entrar e exprimir-se, desempenhando sua missão perversa.


O homem - o instrumento que Satanás usa para destruir

Os demônios deleitam-se em usar os lábios ou a pena dos homens para fazer sua obra vil. Seu poder predileto para degradar, destruir ou desencaminhar se dá pela instrumentalidade humana.

Deus também usa instrumentos humanos, ungidos pelo Espírito Santo, para abençoar, inspirar, animar e levantar os que precisam de Seu auxilio divino.

As Sagradas Escrituras foram escritas por homens santos de Deus, movidos pelo Espírito de Deus.

 A mensagem das Boas Novas tem de ser proclamada por lábios humanos.

Deus usa instrumentos humanos para ministrar  à família humana; Satanás, igualmente, usa instrumentos humanos para destruir a família humana.

Satanás usa homans ou mulheres para contaminar a juventude inocente; então, envia esses jovens às escolas e colégios para contaminarem a mente de outros jovens inocentes.

As virtudes da vida são arrastadas pela conversação imoral e sugestões torpes, e esses jovens voltam marcados pela influência de Satanás.


Quem é Satanás?

Satanás é o deus deste mundo (2 Co 4.4). Ele se assenta como o príncipe das nações. É o autor de nossas misérias e tristezas, de nossas doenças e dores e da própria morte. É o rei e governate de todos os espíritos de demônios. Governa as hostes malignas do inferno.

Seu propósito e desejo principal é destruir a vida humana e, assim, ferir o coração de Deus Pai.

Podemos compreender quem é Satanás pelos seus nomes na Bíblia:

Em Mateus 13.19,38, ele é chamado de o maligno. No versículo 39, é chamado de inimigo e diabo. Diabo quer dizer acusador, difamador ou caluniador.

Em Apocalipse 12.10, é chamado de o acusador de nossos irmãos.

Em 1 Pedro 5.8, chama-se o adversário, e compara-se a um leão que brame buscando a quem possa tragar.

Em Apocalipse 20.2 ele é descrito por nomes quase hediondos demais para considerar: o dragão, a antiga serpente, que é o diabo e Satanás.

Em João 8.44, Jesus o chama de homicida, mentiroso e o pai da mentira.

Em Mateus 4.3, é chamado de o tentador.

Em Mateus 12.24, o príncipe dos demônios.

Em Efésios 2.2, o príncipe das potestades do ar.

Em João 14.30, o príncipe deste mundo.

Em 2 Coríntios 11.3, o que corrompe os sentidos.


O homem - a possessão mais desejada pelos demônios

Desde que o corpo humano tenha o maior meio de expressão, tendo sido feito à semelhança de Deus, os demônios procuram, como seu maior prêmio, entrar nos seres humanos.

Mas, quando não encontram a mais desejada posição, aceitam um corpo de menos expressão. Porém, uma coisa é certa: eles não descansam enquanto não acham um corpo através do qual possam exprimir-se.

Talvez, assim seja mais fácil entender por que quando Jesus ia expelir a legião de demônios do maníaco, os demônios rogaram-lhe dizendo: "Permote-nos que entremos naquela manada de porcos".

E, expulsando do homem, os demônios entraram na manada de porcos e todos se precipitaram no mar e morreram afogados (Mc 5.13).


Tipos diferentes de espíritos de demônios

Umas vez que os espíritos de demônios são realmente personalidades, eles manisfestam suas personalidades nas pessoas de quem tomam posse.

Há várias classes ou tipos de espíritos de demônios, assim como há tipos diferentes de pessoas. No relato da Bíblia, há muitos tipos diferentes de espíritos de demônios em operação, alguns dos quais trataremos mais tarde.

O problema do medo

Os cristãos precisam saber o que a Bíblia ensina claramente sobre os demônios. As pessoas têm medo, porque não entendem sua posição e nunca ouviram sobre a derrota legal dos demônios no Calvário.

Antes de eu saber a verdade quanto aos demônios e à sua obra, a respeito de Satanás e de sua derrota, eu temia falar ou pregar acerca deles. Mas agora que compreendo sua obra, não os temo mais, sabendo, que, longe disso, eles me temem.

Algumas pessoas dizem que não existem hoje coisas de demônios, que o título é somente uma figura de retórica; mas isto não é verdade. A Bíblia é tão clara e definida no ensino sobre demônios como é sobre anjos. Ambos são reias ainda hoje. Devemos compreender a realidade tanto do anjos como dos demônios.


As manifestações dos demônios


1. Os demônios falam

Muitas vezes,na Bíblia, temos o registro de que os demônios falavam. Eles falavam por meio das faculdades das pessoas de que se apossavam, assim como seu espírito (isto é, você) fala por meio da sua língua e das suas cordas vocais.

"Porque tinha curado muitos, de tal maneira que todos quantos tinham algum mal se arrojavam sobre ele, para lhe tocarem. E os espíritos imundos, vendo-o, protravam-se diante dele e clamavam, dizendo: Tu és o Filho de Deus."  (Marcos 3.10,11)

"E, ao pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de várias doenças lhos traziam; e, impondo as mão sobre cada um deles, os curava. E também de muitos saíam demônios, clamando e dizendo: Tu és o Cristo, o Filho de Deus."  (Lucas 4.40,41)

"[Cristo] os ensinava como tendo autoridade e não como os escribas. E estava na sinagoga deles um humem com um espírito imundo, o qual exclamou, dizendo: Ah! Que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: O Santo de Deus. E repreendeu-o Jesus, dizendo: Cala-te e sai dele." (Marcos 1.22-25 )

Estes versículos e muitos outros mostram como os espíritos de demônios que se apoderavam de pessoas falavam e conversavam com aqueles que se aproximavam para expulsá-los.

Numa certa cidade, um homem nos trouxe a esposa para ser curada e liberta do poder do demônio que a possía.

Fui informado de que não podiam entrar no culto com a mulher, e que, por isso, ela estava em uma sala ao lado do prédio onde se realizavam os cultos.

Quando entrei na sala pequena, vi uma mulher corpulenta e muito alta, sentada em uma cadeira com o rosto virado para a parede. Pesava, pelo menos, 110 quilos e tinha muita força.

Quando entrei no quarto, ela se virou  de repente e fitou-me com um olhar terrível e mal-humorado. Levantando-se da cadeira, disse-me: "Ora, e conheço você. Eles me disseram, hoje de manhã, que eu encontraria com o verdadeiro servo de Deus Altíssimo".

A família admirou-se, porque não tinha falado nenhuma palavra acerca de levá-la ao culto, nem sobre um homem que iria orar por ela, porque ela detestava todas as reuniões religiosas.

Os demônios temiam e, portanto, queriam parecer religiosos. (Leia a história da mulher possessa de um espírito que se seguia a Paulo e Silas, clamando: Este homens são servos do Deus Altíssimo, em Atos 16).

Quando os demônios falaram assim, o Espírito Santo dentro de mim se moveu em ira por ver a maneira mal-humorada de os demônios me reconhecerem. E eu disse: "Sim, vocês demônios falaram a verdade. Encontraram-se com um servo do Deus Altíssimo, e eu lhes ordeno, em Nome de Jesus Cristo, que saiam dessa mulher, e se afastem dela, para que ela fique novamente sã e normal. Saiam dela agora; eu lhes ordeno".

Os demônios obedeceram, a mulher foi liberta e, alegre, logo abraçou o marido, com lágrimas de gratidão a Deus pelo que Ele lhe tinha feito.

 2. Os demônios são inteligentes

Carta ocasião, Jesus encontrou-se com dois homens endemoninhados, vindo dos túmulos. Quando ia expulsá-los, eles clamaram dizendo:

"Que temos nós contigo, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?" (Mateus 8.29)

Que queriam dizer os demônios quando diziam: Vieste aqui para atormentar-nos antes do tempo? Acerca de que tempo falavam?

Os demônios sabem que o inferno foi preparado para o diabo e seus anjos. Eles sabem que virá o dia em que o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e o dia e de noite serão atormentados para todo sempre (Ap 20.10), junto com os tímidos e incrédulos,e os abomináveis, e os homicidas, e os fornicários, e os feiticeiros, e os idólatras, e todos os mentirosos (Ap 21.8) e juntos com os que não forem achados no livro da vida (Ap 20.15).

Os demônios sabem que este dia vem. Sabem que serão atormentados de dia e de noite para todo o sempre. Sabem que não poderão mais atormentar a humanidade porque seu tempo terá chegado.

Portanto, sabendo tudo isso, tremiam na presença de Jesus e clamavam dizendo: Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?

Os demônios têm temor. Tremem diante dos servos ungidos de Deus nos dias de hoje, porque sabem que nos foi dado poder sabre eles, em Nome de Jesus, e que eles têm de obedecer-nos.

Esta é a razão por que pessoas possessas de demônios, muitas vezes, se tornam violentas quando são levadas aos cultos de nossas campanhas. Apesar de a pessoa não saber aonde está sendo levada, os demônios são inteligentes e sabem que estão sendo levados para a presença da Palavra de Deus e para a presença de um servo de Deus que tem poder e autoridade sobre eles.

Nisso, veremos por que muitas pessoas inteiramente surdas têm sido curadas completamente enquanto estão em pé ou sentadas entre os ouvintes,e enquanto pregramos a Palavra de Deus.

Apesar de a pessoa surda não ouvir o sermão, o espírito surdo sabe que sua derrota é certa.

Temendo estar na presença da Palavra de Deus e do servo ungido de Deus, o espírito maligno sai do corpo que havia possuído e foge. A pessoa surda então pode ouvir. A mesma coisa acontece com qualquer outra espécie de doença.


3. Os demônios resistem a render-se

 O capítulo oito de Mateus, o capítulo cinco de Marcos e o capítulo oito de Lucas descrevem a cena em que Jesus expele a legião de demônios do homem maníaco.

No contexto desses capítulos, os seguintes fatos são descobertos:

Primeiro: Os demônios de fato professavam adorar a Cristo (Mc 5.6), evidentemente querendo evitar que o Senhor os tratasse com demasiada dureza.

Segundo: Jesus ordenou que saíssem do homem (Lc 8.29; Mc 5.8).

Terceiro: Os demônios rogaram-Lhe que não os atormentasse (Mc 5.7; Lc 8.28), mas quando Jesus permaneceu firme no que ordenava, os demônios se tornaram mais receosos.

Quarto: Cristo indagou-lhes: Qual é o teu nome? (Mc 5.9; Lc 8.30).

Quinto: Os demônios responderam: Legião é o meu nome, porque somos muitos (Mc 5.9).

Sexto: Quando Jesus insistia que fossem embora, os demônios horrorizados por terem sido expelidos de sua habitação, o corpo do homem, rogavam-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província (Mc 5.10).

Então, a legião de demônios que tinha possuído o maníaco queria um negócio mais vantajoso. Se fossem obrigados a sair de sua possessão humana, seria melhor habitarem a manada de porcos que estavam perto.

"E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles." (Marcos 5.12)

Sétimo: Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogou-se no mar (Mc 5.13).

Este memorável relato nos mostra como os demônios se esforçam para não entregar o seu lugar de possessão; contudo, eles têm de render-se à autoridade dos servos de Deus. E a nós. Cristo disse: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Em meu nome, expulsarão os demônios (Mt 28.18; Mc 16.17).

4. Os demônios podem pedir reforços

Jesus ensinou uma lição significativa acerca dos demônios, no capítulo 12 de Mateus.

"E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então, diz: Voltarei para a minha casa, donde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros."  (Mateus 12.43-45)

Neste texto, há evidência de que é possível os demônios expulsos chamarem outros demônios para reforços, e entrarem novamente na pessoa de quem haviam sido expulsos quando essa pessoa não consagra sua vida a Cristo.

No caso citado acima, o demônio foi expulso, mas a pessoa não teve o cuidado de encher seu coração de boas coisas. Portanto, o demônio chamou outros espíritos piores do que ele, e entraram e habitaram ali, e o último estado daquele homem foi pior do que o primeiro.

Jesus realmente falava muito seriamente ao paralítico, depois de curado, quando disse:

"Não peques mais, para que te não suceda alguma coisa pior." (João 5.14)


5. Os demônios apossam-se sozinhos ou juntos

Já vimos claramente que quando um demônio não consegue apossar-se de uma pessoa, ele pode chamar outros para ajudá-lo. Quando um demônio fracassa, eles podem unir-se a outros para vencer, em caso de pessoas não dedicadas de todo coração a Cristo.

Que todo crente, porém, esteja inteiramente convencido de que, ainda que Satanás enviasse uma legião de demônios para nos assaltar, todos eles teriam de recuar em inteira derrota, porque temos poder e autoridade sobre todos os demônios. Está escrito: vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira (Is 59.19).

A filha de uma mulher siro-fenícia foi possuída por um demônio, este saiu da menina quando houve fé.

Maria Madalena ficou possessa por sete demônios, mas todos saíram quando Jesus lhes ordenou (Mc 16.9; Lc 8.2).

O maníaco dos túmulos ficou possesso por uma legião de demônios, mas cada um deles obedeceu à ordem do Senhor e saiu (Mc 5.1-19).

Seja um, sejam sete demônios ou uma legião de espíritos, todos têm de obedecer à ordem do servo de Deus, dada em Nome de Jesus.


6. Os demônios reconhecem e obedecem aos que têm autoridade sobre eles

Quando Jesus se encontrava com os endemoninhados, os demônios clamavam, dizendo: Bem sabemos quem és. És o Filho de Deus.

Os demônios não mudam. Eles conhecem os servos de Deus, eles sabem que tem que sair em Nome de Jesus, eles não podem nada com aquele que sabe da Verdade que Jesus Cristo deu sua vida por nós e ressuscitando, mostrou que Ele é um Deus que vence e que ama seus filhos. Então pelo Nome de Jesus o diabo tem que correr, porque nesse nome todo os joelhos se dobram na terra e céu.

"E alguns dos exorcistas judeus, ambulantes, tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega. Os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeus, principal dos sacardotes. Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus e bem sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? E, soltando neles o homem que tinha o espírito maligno e assenhoreando-se de dois, pôde mais do que eles; de tal maneira que, nus e feridos, fugiram daquela casa." (Atos 19.13-16)

Os demônios sabem quem tem autoridade sobre eles. Conheciam Jesus e Paulo, mas, quanto aos sete filhos de Ceva que os tentaram expelir somente para ganhar fama, os demônios zombaram e se assenhorearam deles.

Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude (At 10.38a). Foi o Espírito Santo quem disse: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a quem os tenho chamado (At 13.2b).

As duas pessoas a quem os demônios reconheceram eram ungidas com o Espírito Santo, o poder de Deus. O diabo conhece essas pessoas e lhes obedece.

Mas este caso é uma advertência clara de que nunca devemos brincar com o diabo. A todo crente verdadeiro, foi dado poder e autoridade sobre todos os demônios. O crente nunca deve recear nem vacilar em desempenhar essa autoridade.

Jesus disse: E este sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios (Mc 16.17).

Maria Madalena estava possessa por sete demônios. Contudo, um homem ungido por Deus expeliu todos os sete.

Ao contrário, no caso dos filhos de Ceva, havia sete homens, mas nenhum deles era servo ungido de Deus e nenhum deles pôde expelir nem um só demônio. Mas aquele demônio sozinho dominou todos os sete homens, e assim fugiram nus e feridos. Como era grande o contraste!

Isto prova, certamente, que toda a força e sabedoria naturais dos homens são inúteis contra o diabo. No entanto, todos os demônios no inferno não podem fazer nada contram nenhum dos crentes verdadeiros, ungidos por Deus.

Também, prova claramente que os demônios conhecem e obedecem aos que têm poder sobre eles.


7. Os demônios são a causa da doença


Este fato, claramente demonstrado nas Escrituras, servirá, quando compreendido plenamente, para aumentar grandemente sua fé em Deus pela cura divina.

Um pregador que assistira a um culto em que preguei sobre a relação dos demônios com a doença, disse: "Reverendo Osborn, a mensagem de hoje me ajudou mais que tudo o que já ouvi para eu ter fé em Deus para a cura de todas as doenças. Sabendo que a doença é ataque de Satanás contra nossos corpos, em vez de bênção de Deus, eu estou pronto para resistir à obra de Satanás, repreendê-lo e desempenhar meu domínio sobre ele".

A vida daquele pregador foi transformada, desde então, da mesma forma como a minha vida e meu ministério foram transformados na noite em que a minha querida esposa voltou de uma grande cruzada em Portlande, Oregon, e me contou a mensagem que ela havia ouvido sobre a obra dos demônios na doença.

 *CONTINUA
 ___________________                                              ______________________

LEIA TAMBÉM


O que são espíritos de demônios? *Parte (2) 


Por que mais pessoas não se curam ?
A CURA É PARA TODOS
A origem das doenças - buscando a CURA
 COMO VIVER SEM MEDO DO FUTURO
Como receber a salvação 
Pedindo ao Pai em Nome de Jesus 
DEUS ESTÁ NO CONTROLE 

Um comentário:

  1. Excelenteeeee estudo!!! Vcs estão de parabéns como sempre!!!

    ResponderExcluir